terça-feira, 13 de outubro de 2009

Rede de relacionamentos evangélica

O grupo Meetic, detentor da marca ParPerfeito, acaba de lançar a rede de relacionamentos Divino Amor, voltada a evangélicos.

De olho nos 26 milhões de brasileiros que fazem parte de alguma divisão evangélica, o site cobrará pela troca de mensagens entre usuários. Apenas o cadastro do perfil será gratuito.

Usuários do Divino Amor não podem procurar por parceiros do mesmo sexo ou por pessoas casadas, além disso as pessoas de cada “grupo” evangélico são diferenciadas.

“Dentro do público evangélico, há uma série de denominações. As pessoas gostam de se relacionar com gente da sua própria denominação, então, quem é da Assembléia de Deus vai se relacionar com pessoa da Assembléia de Deus, e assim por diante”, afirmou o presidente do grupo Claudio Gandelman em entrevista à Info Online.

Segundo a empresa, 8% da base de usuários do ParPerfeito, cerca de 1,5 milhão de pessoas, são evangélicos.


Fonte: Baguete online

2 comentários:

Ocappuccino disse...

Essa é demais 'Usuários do Divino Amor não podem procurar por parceiros do mesmo sexo ou por pessoas casada'. Uma rede restritiva não dará certo heheehe

MATEUS

Eduardo Alves disse...

Oi Mateus.

Você tem razão com relação ao preconceito. Isso não é bacana.

Penso que essa rede tem como o objetivo o relacionamento entre pessoas evangélicas, que seguem esses preceitos, portanto possuem as mesmas crenças e o mesmo pensamento.

Dessa maneira, acredito que ela tem chance, sim, de dar certo. Mas só o tempo vai nos dizer como vai ser a adesão. Se esse público, por exemplo, gosta de se relacionar via internet. Se vão aderir a essa cultura ou não.

Vamos acompanhar!